quarta, 18 de julho de 2018

2010

Captação de recursos para poupança bate recorde

27 JAN 2011Por AGÊNCIA BRASIL 06h:00

A Caixa Econômica Federal bateu recorde na captação líquida de recursos para a poupança em 2010. Segundo números divulgados ontem pela instituição financeira pública, os depósitos na caderneta de poupança superaram as retiradas em R$ 13,1 bilhões no ano passado. O resultado é 21% superior ao recorde de 2008, quando as captações líquidas atingiram R$ 10,8 bilhões.

O volume captado permitiu à Caixa alcançar o saldo de R$ 129 bilhões em aplicações na poupança. Nos últimos quatro anos, a instituição mais do que dobrou os recursos em poupança. Em 2006, as contas-poupança do banco somavam R$ 59,8 bilhões em saldo.

De acordo com o Banco Central, a Caixa é o banco com maior volume de recursos aplicados na poupança, com 40,8 milhões de contas ativas e participação de 34% do mercado. O volume captado pela instituição correspondeu a um terço de toda a captação líquida no ano passado. Em 2010, a captação líquida da poupança em todo o sistema financeiro nacional (SFN) somou R$ 38,7 bilhões, com saldo recorde de R$ 378,8 bilhões no fim do ano.

Em comunicado, a Caixa Econômica atribuiu o bom desempenho da poupança ao aumento de renda da população, especialmente nas classes C e D, além da melhoria da educação financeira nos últimos anos. Segundo a Caixa, cerca de 41% dos poupadores têm entre 21 e 40 anos. Nos dados agregados, não há predominância de gênero, mas as mulheres são maioria nos segmentos de menor renda (54%) e os homens predominam nas aplicações de maior renda (60%).

Leia Também