Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

SAÚDE

Capital sedia jornada de deficiência auditiva

28 MAI 2011Por DA REDAÇÃO00h:02

No próximo dia 10 de junho, Campo Grande (MS) vai sediar a segunda edição da “Jornada sobre Deficiência Auditiva”, promovida pela Fundação para o Estudo e Tratamento das Deformidades Crânio-Faciais (Funcraf).

Voltado a profissionais, estudantes e pesquisadores que atuam na área de audiologia, além de pacientes com deficiência auditiva e familiares, o evento vai discutir avaliação auditiva, indicação de aparelhos de amplificação sonora individual (AASI), reabilitação auditiva em adultos e idosos, treinamento auditivo e leitura orofacial, entre outros temas.

O evento será realizado no Sebrae de Campo Grande (Avenida Mato Grosso, 1.661, Centro). Após cada palestra, os ouvintes poderão fazer perguntas aos especialistas. A programação terá início às 8h, com a entrega de material, e término previsto para às 17h30min, com a entrega de certificados.

Participam da Jornada como palestrantes as fonoaudiólogas Kátia de Almeida, professora adjunta da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Ana Elisa Lara de Noronha Souza, fonoaudióloga da Divisão de Saúde Auditiva do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da Universidade de São Paulo (USP), campus de Bauru (SP), e Lilian Ferro, diretora do Centro Audiológico de Avaliação e Diagnóstico (CAADI) de Campo Grande (MS) e assessora fonoaudiológica da Fundação Lowtons de Educação e Cultura no Estado do Mato Grosso do Sul.

Especialista em fazer sorrir e ouvir
Com 25 anos de atuação, a Funcraf é a principal parceira do Hospital Centrinho-USP, de Bauru (SP), referência nacional e internacional no tratamento das fissuras labiopalatinas e deficiência auditiva.

Desde o final dos anos90, aFundação concretizou o objetivo de levar para outras cidades e estados o atendimento especializado oferecido pelo Centrinho-USP. Hoje, a Funcraf mantém três unidades ambulatoriais,em Campo Grande(MS), Itapetininga (SP) e São Bernardo do Campo (SP). Juntas, elas têm mais de 37 mil pacientes matriculados e atendem, em média, 300 pacientes por dia.

No Mato Grosso do Sul
Implantada em junho de 2000 na cidade de Campo Grande, a unidade ambulatorial da Funcraf do Mato Grasso do Sul faz o acompanhamento ambulatorial de mais de 13,4 mil pacientes (1,6 mil com fissura no lábio e no palato e mais de 11,8 mil com deficiência auditiva). Com cerca de 50 profissionais, a unidade atende a todo o Estado do Mato Grosso do Sul. Por dia, cerca de 130 pacientes são atendidos por sua equipe.

Serviço:
2ª Jornada sobre Deficiência Auditiva de Campo Grande (MS)
Data: 10 de junho de 2011
Local: Sebrae de Campo Grande-MS (Avenida Mato Grosso, 1.661, Centro)
Inscrições: até 31 de maio de 2011
Programação completa: www.funcraf.org.br
Informações e inscrições: campogrande@funcraf.org.br ou (67) 3368-6206

Leia Também