Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

De 20 a 22 de julho

Capital sedia concurso brasileiro de Karaokê

11 JUL 12 - 14h:42DA REDAÇÃO

A capital sul-mato-grossense vai sediar o XXVII Campeonato Brasileiro de Karaokê – maior concurso de música popular japonesa do país, entre os dias 20 a 22 de julho. O evento, uma iniciativa da Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira de Campo Grande (AECNB) e Associação Brasileira da Canção (ABRAC), reunirá na capital, no centro de exposições Rubens Gil de Camilo, 800 candidatos, de 28 delegações, vencedores de seletivas regionais.

Está é a terceira vez que o Brasileirão de karaokê faz de Campo Grande sua sede. E não é difícil entender o porquê da escolha. Afinal, em Mato Grosso do Sul vive a terceira maior comunidade Nikkei do Brasil, com cerca de 65 mil pessoas. Em termos proporcionais, isso representa 3,1% da população do estado (2,1 milhões habitantes), o que faz de Mato Grosso do Sul o estado “mais japonês” do Brasil, a frente de São Paulo (2,5% da população total), Paraná (2,2%) e Pará (1%).

O Brasileirão de Karaokê, edição 2012, está dividido em 20 categorias musicais, das quais participam crianças a partir de três anos de idade até idosos. Paralelamente ao Brasileirão será realizado pela primeira vez o concurso ABRAC Young Internacional, que aceitará interpretação de músicas nacionais, internacionais e animes. Pop/JPop/JRock, Canções em Português, Canções em Inglês, Canções em outros idiomas e Anime devem atrair as novas gerações que podem ousar nas performances e repertórios. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

JUSTIÇA SUSPENDEU

Bolsonaro diz que vai manter passaporte diplomático de Edir Macedo

DIREITOS HUMANOS

Brasil cai três posições em ranking de liberdade de imprensa

SEMANA SANTA

Papa Francisco lava pés de brasileiro e outros 11 presos

Decisão de Toffoli libera Lula <br>para conceder entrevista
LIMINAR PERDEU EFEITO

Decisão de Toffoli libera Lula
para conceder entrevista

Mais Lidas