Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 21 de outubro de 2018

Capital registra mais de 16 mil notificações

26 FEV 2010Por 06h:41
Embora a incidência da dengue configure de fato uma epidemia na Capital, ainda está longe de atingir os níveis recordes de 2007, quando a população enfrentou uma situação parecida. Os números fechados na última quarta-feira registraram 16.680 notificações, enquanto no mesmo período daquele ano foram registradas 28.192. O quadro revelase grave na comparação com 2009, quando em igual período foram apenas 328 registros. Até agora, 966 casos foram confirmados por exames laboratoriais, enquanto 31 foram descartados. Para a coordenadora de Vigilância e Saúde, Ana Lucia de Oliveira, esse número de casos confirmados de certa foram mascara a epidemia. É que poucos pacientes retornam ao posto para a coleta de sangue para o exame que só poder ser feito a partir do 8º dia de sintoma da doença. Antes, o resultado pode ser mascarado. Ela calcula que 65% dos pacientes com sintomas da doença, de fato contraíram dengue. Até agora, neste ano, só há duas mortes confirmadas de pacientes com dengue hemorrágica. Outros seis casos dependem de confirmação dos exames laboratoriais. No âmbito estadual, a Secretaria de Saúde contabilizou nos 78 municípios sul-mato-grossenses, 24.019 notificações de dengue. Bonito, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Ponta Porã e Três Lagoas, que concentram 54% da população, registram 74% dos casos (18.223). (FP)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também