Terça, 20 de Fevereiro de 2018

AGROTÓXICOS

Capital debate recebimento de embalagens

1 DEZ 2010Por Da redação00h:01

Campo Grande recebe nos dias 2 e 3 de dezembro o encontro de centrais de recebimento de embalagens vazias de Mato Grosso do Sul e Acre para a discussão e análise de melhorias operacionais nos processos de recebimento e destinação. Na ocasião, associações de defensivos agrícolas e o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos (Inpev) avaliarão os indicadores de performance, o balanço do Dia Nacional do Campo Limpo 2010, os impactos da nova Lei Federal de Resíduos Sólidos (lei 12.305/10) e o planejamento de atividades e metas para 2011.

Responsável por 8% do volume total de embalagens vazias de agrotóxico destinado no Brasil, entre janeiro e outubro deste ano, Mato Grosso do Sul retirou do meio ambiente um total de 1.958 toneladas desse material. Com esse resultado, o Estado registrou um crescimento de 15% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando o número foi de 1.699 t. Somente nos primeiros dez meses, em todo o Brasil, o volume total de embalagens destinadas foi de 27 mil toneladas, índice 14% maior no comparativo de 2009.

Campo Limpo

Campo Grande e Dourados participaram nos dias 17 e 18 de novembro do Dia Nacional do Campo Limpo. A ação aconteceu em parceria com a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) e recolheu 8 toneladas de embalagens de defensivos agrícolas obsoletos ou impróprios para o uso do meio ambiente.

As embalagens classificadas entre impróprias (aqueles registrados ou em fase de adaptação à legislação, de empresas regularizadas no País cujo uso é impossibilitado por data de validade expirada ou violação) e obsoletas (produtos antigos e não rastreáveis, cuja empresa titular do registro, produtora ou distribuidora, não pode ser identificada, produtos banidos internacionalmente e citados no protocolo de Estocolmo como Poluentes Orgânicos Persistentes (POP), serão encaminhadas para incineração.

Agricultores que ainda possuem produtos vencidos ou banidos podem entrar em contato com a Iagro para que sejam incluídos em uma próxima ação. A iniciativa contou com o apoio da Embrapa e da Associação Campo-Grandense das Revendas Agrícolas (Acra), Associação das Revendas Agrícolas da Grande Dourados (Aregran) e Inpev.

A reunião acontece das 8 às 18 horas (dia 2) e das 8 às 12 horas (dia 3) no Novotel - Sala Babaçu - localizado na avenida Mato Grosso, 5.555 - Jardim Copacabana, Campo Grande/MS. Outras informações pelos telefones 67 3901-2733/2731 (Iagro), 67 9604-2800 (Inpev/MS) ou acesse www.inpev.org.br .
 

Leia Também