Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

HOMICÍDIO

Cansado de ser roubado, homem mata assaltante

Cansado de ser roubado, homem mata assaltante
09/02/2014 14:00 - VÂNYA SANTOS


Paulo dos Santos Rocha, de 26 anos, foi assassinado com dois tiros na madrugada deste domingo (9). O crime aconteceu na região central de Nova Andradina e teria sido praticado por Nelson Lorival Taveira, de 46 anos, que alegou estar cansado de ser assaltado pela vítima.

Segundo informações, equipe da Polícia Militar (PM) fazia rondas pela Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, quando nas proximidades da Rua Batayporã, encontrou uma testemunha que relatou ter visto uma pessoa caída.

Miliares receberam a informação de que o autor do crime seria Nelson. Depois de isolar o local, acionar investigadores e peritos, policiais foram até a casa do suspeito, na Vila Operária.

O homem estava na residência e confessou ser o autor do crime. Já a arma de fogo, um revólver calibre .32, usada no assassinato estava escondida no guarda-roupa.

Nelson disse aos militares que matou Paulo porque foi assaltado por ele duas vezes em datas anteriores. O autor então foi encaminhado para a delegacia, junto com o revólver.

Conforme a polícia, Paulo era investigado e a suspeita é de que ele seria autor de pelo menos cinco roubos praticados na região.

Com informações Jornal da Nova

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?