Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

Candidatos se confrontam hoje em debate na televisão

28 SET 2010Por 13h:52

lidiane kober

Os três candidatos ao Governo do Estado se enfrentam hoje no primeiro e único debate da campanha na televisão. O governador André Puccinelli (PMDB) e seu principal adversário, o petista José Orcírio dos Santos, passaram o dia de ontem se preparando para o confronto na TV Morena (Globo), enquanto Nei Braga (PSOL) atendeu em sua lanchonete no centro de Campo Grande. Apesar de três dos quatro blocos terem pauta definida, os candidatos prometem usar a segunda rodada do debate, de tema livre, para discutir assuntos polêmicos, como vídeo no qual o deputado estadual Ary Rigo (PSDB) revela suposto esquema de pagamento de propina a autoridades.
“Vou perguntar ao André onde foram parar os R$ 2 milhões que recebia por mês da Assembleia, como contou o Rigo no vídeo”, adiantou Orcírio. Puccinelli, por sua vez, promete não se calar, partindo para o ataque contra o petista. O candidato do PSOL revelou centrar-se no projeto de combate à corrupção, mas guardará tempo para criticar as gestões do PT e do PMDB frente ao Governo de Mato Grosso do Sul.
O que os candidatos e marqueteiros concordam é sobre a importância do debate na última semana antes das eleições. “Diante das informações de irregularidades, que vieram à tona nos últimos dias, o eleitor está inseguro. Portanto, o debate será fundamental na decisão do pleito”, opinou o marqueteiro de Orcírio, Toni Cotrim.
As perguntas do debate serão feitas de candidato para candidato “com ênfase no aprofundamento do programa de governo”. No primeiro bloco, os temas em discussão serão determinados, da mesma forma que a terceira e quarta rodada do confronto. No total, serão seis temas extraídos em sorteio de um conjunto de 12 assuntos previamente elencados pela TV Morena.
De acordo com as regras do debate, no caso de um candidato citar o adversário de forma ofensiva, ele terá um minuto para rebater a crítica, desde que solicite o direito. O debate será transmitido a partir das 21h15min.
Segundo pesquisa do Ibrape para o Correio do Estado, 43% dos eleitores devem assistir ao programa, enquanto 24% estão em dúvida e 33% prometem não ficar em frente à televisão.

Entrevista na Mega
Ontem pela manhã, Puccinelli participou de rodada de entrevistas com os candidatos na rádio Mega 94. Ele destacou que no “meu governo não houve um escândalo noticiado, não houve uma greve sequer”. Acrescentou ainda que “o diálogo floresceu e nós, graças à democracia de atendimento, tivemos um governo tranquilo”. Hoje será a vez de Braga conceder entrevista e, amanhã, Orcírio participará do programa Bom Dia Mega Notícias, a partir das 7h20min.

Leia Também