Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Candidatos evitam participar de desfile por medo da Justiça

Candidatos evitam participar de desfile por medo da Justiça
27/08/2012 00:01 - Jéssica Benitez


Com medo da Justiça Eleitoral, os candidatos a prefeito de Campo Grande evitaram participar do desfile cívico em comemoração aos 113 anos da cidade, na manhã de ontem. Dos sete postulantes, apenas Suél Ferranti (PSTU) marcou presença no evento. Até o candidato governista, Edson Giroto (PMDB), preferiu desmarcar sua participação ao lado do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) e dogovernador André Puccinelli, ambos do PMDB.

A ausência de Giroto foi justificada pelo governador. “É proibido fazer campanha aqui. Ele não veio para evitar punições. Aliás, não só ele como todos os outros candidatos”, explicou André.
O agente administrativo Suél Ferranti não se preocupou com a possível punição e compareceu ao evento sem auxílio da militância ou de cabos eleitorais. Ele aproveitou o grande número de pessoas para divulgar suas propostas por meio de panfletos.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Felpuda


Acontecimentos policiais de grande repercussão deverão refletir seriamente na jornada de uns e de outros. Os cortes nos “tentáculos do polvo” os deixaram sem respaldo para enfrentar a maratona que há tempos participam, e com sucesso. Ao mesmo tempo que ficaram sem o aconchego financeiro, afastaram-se do abraço, até então muito amigo, preocupados com o ditado popular que afirma:  “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”.