Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Canadá: Bieber se apresenta à polícia e é acusado de agressão a motorista

Canadá: Bieber se apresenta à polícia e é acusado de agressão a motorista
30/01/2014 07:00 - terra


O cantor Justin Bieber se apresentou na noite dessa quarta-feira à polícia na cidade de Toronto, no Canadá, e foi formalmente acusado pela agressão de um motorista no final do mês passado, de acordo com informações do jornal local CP24.

Segundo comunicado da polícia, o motorista afirmou que foi atingido diversas vezes na cabeça. O homem, que não teve a identidade revelada, disse que dirigia a limusine do astro teen quando entrou em confronto com um dos seis integrantes do grupo que estava no veículo, já no início da madrugada do dia 30 de dezembro. Ainda não está claro, no entanto, se foi Bieber o responsável pela suposta agressão.

A chegada do cantor ao posto policial nessa quarta causou um alvoroço no local, com grande número de fotógrafos, jornalistas, fãs e curiosos em volta de seu carro. Vários policiais precisaram abrir caminho através da multidão para escoltar o canadense até o interior da delegacia.

Bieber, 19 anos, permaneceu no local por cerca de duas horas, até ser liberado. Ele deixou a delegacia por uma porta dos fundos. Após sua saída, a polícia confirmou a acusação formal. O cantor terá de se apresentar ao tribunal no dia 10 de março.

O advogado de Justin Bieber, Howard Weitzman, emitiu um comunicado após a prisão afirmando que o cantor é inocente e que a acusação é uma infração leve.

De acordo com o depoimento da vítima, ele chegou a uma casa noturna por volta de 2h50 para pegar o grupo. No caminho para o hotel, houve uma confusão entre o motorista e um dos ocupantes do carro, mas não há informações sobre quem seria o suposto agressor.

Na semana passada, Bieber foi detido em Miami, nos Estados Unidos, acusado de dirigir sob efeito de álcool e drogas, resistir à prisão e estar com a permissão para dirigir vencida. Após ficar preso por várias horas, foi liberado com o pagamento de uma fiança de US$ 2,5 mil.

No início de janeiro, a residência do cantor na Califórnia foi revistada pela polícia após uma denúncia de um vizinho por vandalismo. Durante o procedimento policial, os agentes encontraram drogas na residência.

Com informações da EFE

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.