Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Julho

Campo-grandense está mais cauteloso para comprar

26 JUL 2012Por Gabriel Maymone15h:30

Família campo-grandense está mais cautelosa na hora das compras e índice de intenção de consumo para o mês de julho aponta queda de 2,7% em relação ao mês passado, segundo pesquisa divulgada hoje pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio).

“As famílias estão mais cautelosas porque assumiram novas prestações, o índice de endividamento subiu 20% e percebemos também um pico entre os que apontam compromissos mensais com financiamento de veículos”, avalia o presidente da Fecomércio, Edison Ferreira de Araújo.

O ICF apontou piora em todos os parâmetros que contribuem para sua composição, mas a principal retração foi no índice que afere as perspectivas profissionais, com queda de 9%. “Inseguro em relação ao futuro profissional, o consumidor automaticamente pisa no freio e reduz as compras”, conclui Edison. Também houve redução de 3,3% no nível de consumo atual e de 2,24% no indicativo de compras a prazo.

Apesar de a intenção de consumo ter diminuído em relação a junho, comparado a julho de 2011 está 14% maior, o que resulta da manutenção do aumento real da renda e da baixa taxa de desemprego, além da prorrogação dos estímulos ao consumo, ainda sustenta a confiança das famílias brasileiras em um patamar superior em relação ao mesmo período do ano passado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também