Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 21 de outubro de 2018

Campo Grande registrou o 4º melhor saldo de empregos dos últimos 14 anos

2 FEV 2010Por VERA HALFEN23h:24
Campo Grande registrou, em 2009, o 4º melhor saldo de empregos dos últimos 14 anos, com variação de 3,25%, apontando um estoque, em 31 de dezembro de 2009, de 159.129 pessoas ocupadas. Mesmo com um início de ano tímido, em virtude da dimensão da crise financeira global, o desempenho mereceu destaque na série histórica registrada desde 1996. Entre as capitais, Campo Grande está em 17º lugar, com variação positiva de 3,25% no estoque de empregos no ano passado. O crescimento de 2009 acompanhou o de 2007, superando- o na maioria dos meses e perdendo fôlego nos últimos meses do ano e fechou com menos 800 empregos em relação ao ano de 2007, segundo avaliação do economista Áureo Torres. Dourados também apontou crescimento semelhante a Campo Grande, com destaque para a indústria canavieira, de acordo com dados repassados pelo economista. Também os municípios localizados na região de Dourados, foram beneficiados com crescimento no número de empregos em 2009. Por outro lado, Anastácio foi o município que apresentou o maior recuo no saldo de empregos, registrando índice negativo de 44,97% e apontando um estoque de 1.144 em dezembro. Áureo Torres frisa que por ser um município muito pequeno, oferece poucas vagas de emprego e bastam algumas demissões para registrar um alto índice de fechamento de vagas.O estoque ficou em 1.144 vagas. Foram fechadas ao longo do ano 935 vagas de trabalho. Estado Segundo Áureo Torres, Mato Grosso do Sul apresentou crescimento expressivo, com destaque para a área da Indústria de Transformação, que foi o maior empregador do ano, com saldo de 5.337 vagas e variação positiva de 12,86%. O setor de Serviços, abriu 1.655 novos postos de trabalho e o Comércio registrou saldo de 1.433 empregos em 2009. Em todo o Estado, o estoque de vagas é de 384.670 vagas. De acordo com o economista, 2010 deverá crescer mais do que 2009 em relação a novas vagas de trabalho. Ele aponta os investimentos na área da construção civil, que deverá crescer ainda mais. “Se facilitar a logística, facilita-se do produtor ao produto manufaturado, gerando desenvolvimento e um maior número de vagas” avalia Áureo Torres.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também