DISPUTA

Campo Grande entre as capitais sem candidatas a prefeita

Campo Grande entre as capitais sem candidatas a prefeita
14/07/2012 00:01 - JULIENE KATAYAMA


A vitória da presidente Dilma Rousseff (PT) – a primeira mulher a assumir o comando do País em 123 anos de República – nas urnas em 2010, não influou a participação feminina nos cargos Executivos. Em Campo Grande, a disputa eleitoral terá sete candidatos a prefeitos, mas nenhuma mulher. Junto com Campo Grande estão as capitais: Salvador (BA), Fortaleza (CE), Cuiabá (MT), Teresina (PI) e Natal (RN).

As 26 capitais brasileiras têm, juntas, 191 candidatos a prefeito, segundo dados do sistema de registro de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Do total de candidatos, são 163 homens (85%) e 28 mulheres (15%).

No entanto, apenas dois partidos e nanicos têm em sua composição vices mulher: o PV e o PSTU, ambos com chapa pura. No PV, o vereador Marcelo Bluma encabeça a chapa e tem como vice a bioquímica Fernanda Fialho. Já no PSTU, a estudante Michelle Sandim compõe aliança com Suél Ferranti.
 

Leia mais no jornal Correio do Estado

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".