terça, 17 de julho de 2018

COLISÃO

Caminhoneiro morre na rodovia 262 e ex-presidente da Unimed sai ileso

19 FEV 2011Por Edivaldo Bitencourt e Jackson Pereira11h:21

Um caminhoneiro morreu e quatro pessoas saíram sem ferimentos do acidente envolvendo duas carretas e um automóvel às 6h35 de hoje na altura do quilômetro 207 da BR-262, entre Ribas do Rio Pardo e Água Clara. O veículo foi totalmente destruído, mas o motorista, o ex-presidente da Unimed Campo Grande e médico cirurgião, James Câmara Andrade, e o carona, Mario Luiz Câmara de Andrade, não tiveram ferimentos.

A carreta Iveco tentou ultrapassar a Scania, de Campo Grande, conduzida por Aguimar Ribeiro da Silva, e acabou colidindo com o automóvel Corolla, placas HTV-5088, também da Capital, dirigido por James. O veículo rodou na pista e a carreta Iveco, carregada de madeira, tombou.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista da Iveco morreu. Ele foi identificado como sendo Valmir José dos Santos, 42 anos.

Os Câmaras saíram ilesos, apesar do Corolla ter ficado totalmente destruído. Ele assinou um termo de que não se feriu e foi liberado pelo Corpo de Bombeiros.

Silva, que estava com o filho de 14 anos, contou que jogou a carreta no acostamento para evitar o acidente. Ele ficou bastante abalado com a ocorrência, mas saiu, junto com o adolescente, sem qualquer ferimentos.

Leia Também