Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Nova Andradina

Caminhão tomba deixa estudantes sem aulas

14 MAI 2011Por Nova News07h:47

Um treminhão carregado de cana-de-açúcar tombou na manhã desta sexta-feira (13) na MS-473. A rodovia liga Nova Andradina aos bairros Papagaio, São Bento e Laranjal, e ao campus do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

O acidente de trânsito aconteceu a aproximadamente dez quilômetros da zona urbana de Nova Andradina e paralisou o tráfego na estrada. Uma fila com vários veículos se formou na rodovia. O motorista saiu ileso.

Os primeiros veículos que chegaram no local foram três ônibus com cerca de 150 alunos do IFMS. “Imagina se tomba uma carreta de cana dessas do lado de um desses ônibus de estudantes”, comenta Claudio Aparecido, presidente do grêmio José Dias.

Populares utilizaram uma enxada na lateral da rodovia - que não é pavimentada - para tentar dar passagem aos veículos. Por volta das 8h, um dos ônibus conseguiu realizar a travessia.

No entanto, ao tentar passar pelo local, um caminhão bitrem acabou fechando a única via de acesso. Por volta das 8h30 a Instituição decidiu suspender as aulas do período matutino.

Cascalho

Em dezembro do ano passado, servidores e estudantes do IFMS entregaram ao governador André Puccinelli (PMDB) um pedido de pavimentação da rodovia.

Na época, o governador brincou com a reivindicação afirmando que o asfalto só chegaria na MS-473 em 2042.

Segundo Puccinelli, a única medida paliativa que o Governo do Estado poderia tomar seria o cascalhamento da estrada. Ele prometeu que os trabalhos seriam iniciados em março de 2011.

Entretanto, com as chuvas do início do ano, o governador decidiu suspender a medida, justificando que os recursos do Estado iriam ser aplicados em outras rodovias estaduais para que a produção pudesse ser escoada.

Erosão

No mês passado, um trecho da MS-473 que começava a ser ‘engolido’ por uma erosão que existe nas margens da rodovia. Recentemente foi jogado terra no local para tentar amenizar os pontos mais críticos. 

Leia Também