Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

EXECUTIVO

Câmara pode votar reajustes para servidores

1 JUL 12 - 15h:00AGÊNCIA CÂMARA

Nesta semana, o único item previsto para a pauta do Plenário é a Medida Provisória que concede reajustes salariais a diversas categorias do Executivo. De acordo com o projeto de lei de conversão do senador Eduardo Braga (PMDB-AM), aprovado em comissão especial, a carga horária dos médicos continuará sendo de 20 horas semanais.

O texto tem provocado protestos desde sua edição, em maio deste ano. Além dos médicos, outras categorias protestaram contra mudanças feitas pela MP, que reproduz o Projeto de Lei 2203/11 (cuja tramitação na Câmara não evoluiu, por falta de acordo). Professores de mais de 50 universidades federais estão em greve há um mês e meio, pedindo aumento maior do que os 4% concedidos.

As maiores mudanças feitas pelo relator no texto beneficiam os médicos, para os quais são criadas tabelas específicas — que passam a ficar desvinculadas das demais carreiras da Previdência, da saúde e do trabalho.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Guedes quer ajustar relatório da reforma

AJUDA FINANCEIRA

Governador decide amanhã se vai aderir ao plano Mansueto

Reunião com equipe já está marcada
BRASIL

PF destrói 1,2 mil tonelada de maconha na fronteira com o Paraguai

BRASIL

Assassinato de ator e seus pais completa uma semana; filha presta homenagem

Mais Lidas