quarta, 18 de julho de 2018

DOURADOS

Câmara já tem 16 comissões processantes

15 DEZ 2010Por Fábio Dorta. de Dourados15h:42

A Câmara Municipal de Dourados aprovou em sessão extraordinária realizada na manhã de ontem a abertura de mais oito comissões processantes contra os vereadores que foram presos na Operação Uragano da Polícia Federal e estão afastados dos cargos por decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS).

Vão ser processados pelo legislativo e poderão perder seus mandatos os vereadores Zezinho da Farmácia (PSDB), Paulo Henrique Bambu e Marcelo Barros (DEM), Cláudio Marcelo Hall, o ‘Marcelão’ (PR), Aurélio Bonatto, Humberto Teixeira Junior (PDT), José Carlos Cimatti (PSB) e Júlio Artuzi (PRB).

As comissões processantes foram abertas atendendo a um pedido protocolado pelos sindicalistas Pedro Lima, presidente do Sindicato dos Bancários da Grande Dourados, José Carlos Brumatti, presidente do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted) e Ronaldo Ferreira Ramos, coordenador do Comitê Regional de Defesa Popular.

Mais investigações

Como na semana passada a Câmara já aprovado pedido semelhante feito pelo diretório municipal do PPS, a partir de agora serão 16 comissões processantes em andamento de forma simultânea, ou seja, duas comissões contra cada vereador denunciado. Conforme o regimento interno do legislativo o prazo de conclusão dos trabalhos é de 90 dias.

“Nós vamos realizar os trabalhos dentro da legalidade. Todos os vereadores denunciados terão o direito de apresentar suas defesas dentro dos prazos regimentais”, afirmou o presidente da Câmara Dirceu Longhi (PT).

Leia Também