Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

MUNDO

Câmara aprova orçamento para ano fiscal de 2012 nos EUA

15 ABR 2011Por ESTADÃO23h:44

A Câmara dos Representantes dos EUA aprovou um orçamento para o ano fiscal 2012 que prevê a redução de US$ 5,8 trilhões nos gastos federais ao longo dá próxima década por meio de reformas em programas públicos de saúde. O projeto de lei, elaborado pelo Partido Republicano, também propõe a anulação da reforma do sistema de saúde do país, uma das principais conquistas da administração do governo democrata de Barack Obama.

A Câmara aprovou o projeto por 235 votos a favor e 193 contra. Os republicanos, que detém a maioria dos assentos, votaram em massa a favor do orçamento. Apenas quatro deputados do partido rejeitaram a proposta.

Uma das propostas mais polêmicas do orçamento aprovado pela Câmara dos Representantes envolve modificações no Medicare, um tipo de seguro-saúde estatal para a população idosa. Se o orçamento republicano for aprovado, os idosos terão de migrar do Medicare para planos de saúde privados e, em troca, receberiam um auxílio de custo para não terem que arcar com todas as despesas médicas.

Os republicanos também pretendem alterar o Medicaid, programa que oferece assistência médica para a população mais pobre, transformando-o em um sistema de transferência de recursos do governo federal para os estados, permitindo que governos locais definam como utilizar a verba.

As duas propostas foram rejeitadas pelos democratas. Segundo eles, as mudanças no Medicare e no Medicaid eliminariam na prática os efeitos sociais desses programas.

O orçamento aprovado pela Câmara também prevê a anulação da reforma do sistema de saúde dos EUA e torna permanente os cortes de impostos para todos os norte-americanos, diferentemente da proposta democrata, que prevê o fim desses benefícios fiscais para a parcela mais rica da população no final de 2012. 

Leia Também