MUDANÇAS

Câmara aprova novas regras para a poupança

Câmara aprova novas regras para a poupança
05/07/2012 00:00 - AGÊNCIA BRASIL


A Medida Provisória MP 567 que muda as regras de rendimentos da caderneta de poupança caso a meta da taxa de juros básicos (Selic) for fixada em 8,5% ao ano ou menos foi aprovada ontem (04) à noite pela Câmara.

Pelas regras da MP, quando a Selic ficar em 8,5 % ou menos, a remuneração da poupança será a variação da Taxa Referencial (TR) mais 70 % da Selic.

Durante todo o dia, os partidos de oposição obstruíram a votação da MP, em protesto pela forma diferenciada de liberação de recursos das emendas parlamentares ao Orçamento da União.

Na votação das emendas, que visam a alterar o texto apresentado pelo relator da MP, deputado Henrique Fontana (PT-RS), o plenário aprovou uma que manteve no texto o dia 4 de maio como prazo final para que os depósitos sejam remunerados pelas regras antigas da poupança.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".