Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MATO GROSSO DO SUL

Caixa Econômica Federal prevê ampliar 10,5% o crédito imobiliário

Caixa Econômica Federal prevê ampliar 10,5% o crédito imobiliário
08/02/2014 00:00 - ROSANA SIQUEIRA


A Caixa Econômica Federal espera elevar em pelo menos 10,5% o volume de crédito imobiliário ofertado em Mato Grosso do Sul neste ano, segundo reportagem na edição de hoje (07) do jornal Correio do Estado. As metas foram divulgadas na quinta-feira pelo superintendente da Caixa em Ms, Paulo Antunes Siqueira, que destacou que em 2013 a Caixa liberou R$ 1,9 bilhão para financiamentos de habitação. O desafio é atingir este ano R$ 2,1 bilhões de destinação de recursos.

O superintendente abriu o ciclo de palestas no Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 14ª Região (CRECI/MS), apresentando o cenário atual da economia e os prognóstico para o setor.

Ele ressaltou que o crescimento geral de financiamentos imobiliários em 2013 foi de 10% em Mato Grosso do Sul, sendo que pela linha do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) cresceram 8% e pelo SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) 31%, reflexo do próprio aumento da captação da poupança, de 20% em âmbito nacional. A reportagem é de Rosana Siqueira.

Felpuda


Tudo indica que o MDB não conseguiu convencer o PSDB de iniciar namoro com vistas a casamento nas eleições, e a ideia teria sido descartada. Os tucanos demonstraram que o problema deles não é o cargo: os emedebistas ofereceram a vaga de vice na disputa à Prefeitura de Campo Grande, a mesma cobiçada pelos tucanos, mas na chapa do PSD do atual prefeito. A questão, politicamente falando, seria, digamos, o oferecido “noivo”. Afe!