segunda, 16 de julho de 2018

Cai devolução de cheques em MS

21 SET 2010Por 08h:11

VERA HALFEN

A quantidade de cheques devolvidos pelos bancos, em agosto, em Mato Grosso do Sul, recuou 73,7% em relação a julho. Foram 117,7 mil cheques devolvidos, contra 86,8 mil no mês passado. Os cheques devolvidos por falta de fundos são a maioria, representando 88,2% do total. Nos últimos 12 meses, a quantidade desses documentos rejeitados pelas instituições financeiras é de 1,27 milhão.
O volume de documentos devolvidos é o quarto menor dos últimos 12 meses. Em relação a valores, a quantidade de cheques rejeitados em agosto soma R$ 133,3 mil contra R$ 179,3 mil em julho, apontando queda de 25,7%. Os dados são do Banco Central do Brasil.
Já a Serasa divulgou estudo nacional apontando que o mês passado registra o menor volume de devoluções desde agosto 2004 – se forem considerados somente esses mesmos meses no período de seis anos. Em 2009, considerando agosto, 1,9 milhão de cheques foram devolvidos. O número de compensados recuou 9,3%, enquanto o de devolvidos caiu 26,5%.
De janeiro a agosto de 2010, a inadimplência também mostrou dados positivos. Dos mais de 747,5 milhões compensados, pouco mais de 13,6 milhões ficaram sem fundos. A taxa de devolução foi de 1,82%, a menor para os oito primeiros meses desde 2004.
No mesmo período do ano passado, a inadimplência estava em 2,25%. Os economistas da Serasa Experian dizem que o consumidor está utilizando esse meio de pagamento com mais cuidado. A perspectiva é de que a inadimplência com cheques continue caindo gradualmente, podendo sofrer algumas pressões com as promoções do Dia das Crianças e das festas de final de ano.

Leia Também