Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

ESTUDO:

Cafeína é aliada no fortalecimento de músculos de idosos

30 JUN 2012Por TERRA00h:00

Tomar café pode ajudar pessoas mais velhas a manter a força muscular e reduzir as chances de doenças, é o que mostra um novo estudo divulgado nesta sexta-feira (29) pelo jornal britânico Daily Mail. O declínio da força muscular, que ocorre com a chegada da idade, reduz também a qualidade de vida, fazendo com que as tarefas simples do dia-a-dia se tornem mais difíceis. O processo de como isso ocorre ainda não é muito conhecido, mas é fato que a preservação do tônus muscular é a chave para uma vida mais saudável.

Já se sabe que em adultos a cafeína ajuda os músculos a produzir mais força. Mas com a idade, os músculos naturalmente se tornam mais fracos. Por isso, cientistas da Coventry University investigaram pela primeira vez como a cafeína poderia ter um efeito fortalecedor em pessoas mais velhas. O estudo, feito com ratos, mostrou que a substância impulsiona dois diferentes músculos em adultos mais velhos - um efeito que não é comprovado nos mais jovens.

Jason Tallis, um dos autores da pesquisa, disse que o benefício trazido pela cafeína pode ser importante para o envelhecimento da população, uma vez que manter-se fisicamente ativo é fundamental para a saúde e para a capacidade funcional. Ao longo do experimento, os pesquisadores isolaram músculos de camundongos jovens e velhos e, então, testaram sua performance antes e depois do tratamento à base de cafeína, substância encontrada no café e em várias outras bebidas.

Eles observaram dois diferentes músculos esqueléticos, que podiam ser controlados voluntariamente. O primeiro a ser analisado foi o diafragma, um músculo do coração usado para a respiração. O segundo foi um músculo da perna chamado estensor longo dos dedos, usado para a locomoção. "Apesar do efeito reduzido em pessoas mais velhas, a cafeína ainda assim pode prover melhorias na performance", afirmou Tallis. O consumo de cafeína pode também estar relacionada com a melhora da atividade cerebral e da memória. No entanto, pesquisas anteriores mostram que o excesso dela pode atrapalhar na absorção do cálcio, um nutriente vital para suportar os ossos durante a terceira idade.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também