Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

GRAVAÇÃO

Cachoeira teria pago propina a secretário

19 JUL 12 - 15h:51G1

Gravações inéditas da Polícia Federal indicam que grupo do contraventor Carlinhos Cachoeira teria pago o secretário da Segurança Pública de Goiás para conseguir liberação de verbas de contrato com a empreiteira Delta.

O secretário João Furtado negou qualquer ligação com a quadrilha e disse que suspendeu os pagamentos porque a empresa não cumpria corretamente o que havia sido previsto na licitação.

Com autorização da Justiça, a Polícia Federal gravou a conversa entre Cláudio Abreu, ex-diretor da Delta, e Cachoeira no dia 15 de julho de 2011. O bicheiro reclama que o secretário João Furtado tinha suspendido o pagamento de um contrato assinado com a Delta para locação de veículos.

As gravações não provam que o secretário recebeu algo para liberar os pagamentos à Delta, mas no dia da conversa, 15 de julho, havia um pagamento atrasado e o contrato de locação de veículos para a secretaria foi renovado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRUMADINHO

STJ mantém decisão que mandou soltar funcionários da Vale

EMENDA APROVADA

Anac: volta de franquia gratuita de bagagem pode prejudicar abertura de aéreas

Pacientes aguardam mais de quatro horas para atendimento no Prontomed
REDE PRIVADA

Espera por atendimento no Prontomed ultrapassa 4 horas

CORRUPÇÃO PASSIVA

Dodge pede ao STF 22 anos de prisão para Collor na Lava Jato

Mais Lidas