Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPEONATO CARIOCA

Cabofriense bate o Vasco e mantém excelente fase

Cabofriense bate o Vasco e mantém excelente fase
23/02/2014 19:39 - terra


A Cabofriense manteve a excelente fase vivida no Campeonato Carioca e surpreendeu o Vasco na noite deste domingo. Em pleno São Januário, o time conseguiu sua terceira vitória consecutiva ao fazer 2 a 1 de virada para se firmar na zona de classificação da competição, à frente do próprio adversário cruzmaltino.

Com o resultado, a Cabofriense chega aos 22 pontos, na terceira colocação, empatando com o vice-líder Fluminense, que neste domingo perdeu por 3 a 0 para o Botafogo. O Vasco, por sua vez, é quarto colocado, com 18 pontos.

O Vasco volta a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta o Madureira fora de casa. A partida está marcada para as 16h (de Brasília), no Estádio Moça Bonita, em Bangu. A Cabofriense, por sua vez, vai enfrentar outro grande clube do estado: o Fluminense, às 22h da quarta-feira, no Estádio Claudio Moacyr de Azevedo, em Macaé.

O Vasco começou bem o confronto e, logo aos 2min, acertou o travessão em cruzamento de Aranda para cabeçada de Douglas. A resposta veio aos 9min, com cruzamento de Eberson e finalização de Fabrício Carvalho, que acertou a trave vascaína. Aos 15min, o Vasco fez o gol: André Rocha cruzou da direita, e Edmílson cabeceou para vencer o goleiro Luis Cetin.

Aos 17min, a Cabofriense arrancou o empate. Fabricio Carvalho recebeu na intermediária e ajeitou para finalização colocada de Pará, que acertou o canto esquerdo do goleiro Martín Silva. A virada veio ainda no primeiro tempo, aos 26min, com gol de Fabrício Carvalho aproveitando o cruzamento de Filipe, em jogada pela esquerda do ataque.

O Vasco quase igualou tudo de novo aos 23min, mas novamente acabou atrapalhado pela trave. Fellipe Bastos bateu falta da intermediária, e a bola bateu com força no travessão. No segundo tempo, a trave ainda atrapalharia as equipes duas vezes. Aos 34min, evitou gol do Vasco em cabeçada de Luan. Aos 36, salvou o time alvinegro após tentativa de Keninha de encobrir o goleiro.​

Felpuda


Outrora afinadíssimo com o presidente Jair Bolsonaro, parlamentar sul-mato-grossense começou a ser escanteado em consequência de uma das crises políticas de grande repercussão. A figura entrou em campo e botou falação sobre o que estava ocorrendo, e isso soou que só como crítica pesada ao governo, que, como não poderia deixar de ser, não gostou nadica de nada. Há quem diga que o dito-cujo é muito levado “pelo sangue”. Então, tá!...