Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

TACURU

Cabo da PM entra em casa que estava pegando fogo e salva duas crianças da morte

22 ABR 2011Por EDILSON JOSÉ ALVES, PONTA PORÃ14h:59

Duas crianças que foram deixadas sozinhas no interior de uma casa por muito pouco não morreram queimadas na madrugada desta sexta-feira (22) em Tacuru, município situado no sul do Estado. Elas estavam no interior de uma casa pegando fogo e foram retiradas do local por um cabo da Polícia Militar que mesmo sem os equipamentos necessários invadiu o imóvel em chamas e fez a retirada dos menores, um de nove anos e outro de um ano e cinco meses.

Conforme as informações policiais, por volta das 3h, populares acionaram a PM de Tacuru para atender uma ocorrência de incêndio em uma residência situada nas imediações da saída para Amambaí. Os policiais foram até o local e quando chegaram se depararam com a casa tomada pelas chamas e parte do teto já desabando. Informado de que crianças poderiam estar presas, o cabo PM, Cristino Silva, de 51 anos, invadiu imediatamente o imóvel, mesmo colocando a própria vida em risco e conseguiu fazer a retirada de uma menina de nove anos e de um garoto de apenas um ano e cinco meses.

As duas crianças moram com a mãe Elizabete Moraes Vilhalba, de 23 anos, e com a avó, cujo nome não foi informado pela Polícia Militar. As duas teriam deixado os menores presos em casa para irem a uma festa em Tacuru. A mãe ao saber do ocorrido disse que não tinha ido a nenhuma festa e que estava numa casa vizinha. O caso agora será apurado pela Polícia Civil, já que abandono de incapaz é crime.

Leia Também