Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FIFA

C. Ronaldo quebra série de Messi e vence Bola de Ouro pela 2ª vez

13 JAN 14 - 16h:18TERRA

Depois de quatro anos consecutivos, Lionel Messi não é o melhor jogador do mundo. Nesta segunda-feira, em Zurique, o português Cristiano Ronaldo quebrou a sequência do argentino e venceu a Bola de Ouro pela segunda vez em sua carreira. O astro do Real Madrid havia sido escolhido o melhor pela Fifa e pela revista France Football em 2008, quando ainda era jogador do Manchester United, e volta a ser agraciado em 2013. O atleta se emocionou bastante e chorou no palco.

"As pessoas que me conhecem sabem o sacrifício que foi ganhar essa Bola", disse Cristiano Ronaldo, comovido com o prêmio. "Agradeço aos meus companheiros de Real Madrid, da seleção e a minha família. Não posse deixar de esquecer Eusébio e Madiba neste momento, que foram muito importantes na minha vida", completou o astro, lembrando-se do ex-craque português, que morreu em 5 de janeiro, e do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, falecido em dezembro de 2013.

Cristiano Ronaldo recebeu a Bola de Ouro das mãos de Pelé e levou o filho ao palco. "Obrigado a minha namorada, a minha mãe e ao meu filho, que pela primeira vez viu o pai receber a Bola de Ouro", comemorou o português.

Cristiano Ronaldo não foi pleno em títulos em 2013, mas conquistou o prêmio por conta de suas atuações. O português marcou 69 gols no ano, mais do que qualquer outro jogador, superando o rival Messi por 24. Entre esses, foram 59 com a camisa do Real Madrid e mais dez por Portugal.

Pela seleção lusitana Cristiano Ronaldo brilhou no momento em que seu país mais precisou. O camisa 7 marcou quatro vezes contra a Suécia na repescagem para a Copa do Mundo de 2014, ofuscou o astro Zlatan Ibrahimovic e garantiu sua nação no Mundial do Brasil.

Pelo Real Madrid, Cristiano Ronaldo e companhia conseguiram boas campanhas, mas nenhum título. A equipe da capital espanhola foi eliminada na semifinal da Liga dos Campeões pelo Borussia Dortmund e terminou o Campeonato Espanhol na segunda posição, atrás do Barcelona.

No torneio nacional, o português também ficou atrás de Messi na artilharia, com 34 gols a 46 do argentino, e ajudou sua equipe com dez assistências. Por outro lado, Cristiano Ronaldo foi o artilheiro da Liga dos Campeões, com 12 gols. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SAÚDE

Bolsonaro será avaliado em Brasília pela equipe médica antes de viagem a NY

DOLEIRA

TRF-4 nega recursos da União para blindar R$ 43 mi de delatora da Lava Jato

BRASIL

Relatório da indicação de Aras à PGR deve ficar pronto até terça

INTERIOR

Suspeitos invadem fazenda e abatem vaca prenha

Funcionário encontrou apenas cabeça e vísceras do animal

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião