Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

ENTRAVE

Burocracia emperra investimentos de R$ 1 bilhão em Campo Grande

20 MAI 2011Por CARLOS HENRIQUE BRAGA00h:00

A burocracia excessiva do sistema público pode enterrar o investimento de R$ 1 bilhão que a metalúrgia mineira Deb’Maq planeja fazer em Campo Grande. A indústria, capaz de empregar 1,7 mil pessoas, foi anunciada como a primeira do Polo Empresarial das Moreninhas, relançado há nove meses pelo prefeito Nelsinho Trad (PMDB) e que, até hoje, não avançou.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedesc) e vice-prefeito, Edil Albuquerque, lamentou a situação ao comentar o atraso na liberação da escritura do terreno, que não foi concluída.

O diretor-técnico da Deb’Maq, Carlos David de Araújo Gonçalves, não culpou a prefeitura, mas disse que se a liberação da área de 52 hectares não for feita até agosto, vai abrir concorrência para outras cidades interessadas na fábrica. As propostas já começaram a chegar.

 

 

 

Leia mais no jornal Correio do Estado

Leia Também