Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

TRÊS LAGOAS

Bueiros entupidos contribuíram com alagamentos

12 JAN 2011Por DA REDAÇÃO15h:28

Os pontos mais atingidos com a chuva do final da tarde de ontem em Três Lagoas (MS) foram a região do 'piscinão', os bairros JK e Jardim das Palmeiras, alémn da rua Yamaguti. A avaliação foi feita na manhã de hoje em reunião com o secretário de Obras, Getúlio Neves. 

“Vamos fazer uma radiografia do que aconteceu durante as quase duas horas de chuva”, explicou o secretário.

O diretor de Obras e Serviços Públicos, Agamenon Alves de Oliveira, disse que o que se observa em muitos locais é o entupimento dos bnueiros que na maioria dos casos foi provocado pelo acúmulo de lixo.

“Vamos fazer uma avaliação dos bueiros e onde for necessário iremos desentupir, o que ajudará no processo de vazão das águas, mas a população também pode nos ajudar. Muitos ainda descartam seu lixo de forma incorreta, deixando-os nas calçadas e ruas da cidade, isso é um vilão e um fator agravante durante as chuvas”, frisou o secretário de Obras.

Também estiveram presentes a secretária de Assistência Social, Cidadania e Trabalho, Maria Lúcia Firmino; o diretor de Obras e Serviços Públicos, Agamenon Alves de Oliveira; o diretor de Fiscalização de Obras, Marcos Paulo Queiroz Garcia; o coordenador da Defesa Civil de Três Lagoas, Paulo Renato Penharbel, e o agente operacional da Defesa Civil, Paulo César Rebello.

O balanço feito durante a reunião apontou ainda que pontos que antes eram considerados críticos, dessa vez não foram afetados pela forte chuva. “Na maioria das vezes em que chovia tínhamos problemas com o bairro Jardim Alvorada, Jardim Caçula e com a Rua Elvírio Mário Mancini, conhecida como Municipal, mas dessa vez elas não foram afetadas”, apontou Agamenon.

Atendimentos

De acordo com informações do agente operacional da Defesa Civil, Paulo César Rebello, o Corpo de Bombeiros da cidade atendeu apenas um chamado no bairro Santa Luzia. No local, uma casa ficou alagada e a família teve de ser encaminhada para a casa de familiares.

A família que ficou desabrigada será atendida pelo CRAS Interlagos: “já providenciamos este atendimento. Vamos visitar a família e ver qual auxílio podemos prestar, colocamos nossa equipe à disposição dessas pessoas”, afirmou a secretária de Assistência Social Cidadania e Trabalho, Maria Lúcia Firmino.

Para atender a população foram colocados à disposição os telefones 0800-6473355, 199 Defesa Civil e 3929- 1800 D.O.S.

Leia Também