Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Briga por causa de lixo termina em assassinato

11 OUT 2010Por karine cortez03h:40



Briga entre vizinhos acabou em morte na cidade de Dourados. O técnico em eletrônica Geraldo Crispin da Cruz, 54 anos, foi atingido por dois tiros, desferidos pelo vizinho José Fernandes dos Santos, 65 anos, ao reclamar do lixo que havia sido jogado em frente à sua residência, situada no Bairro Canaã V.
De acordo com informações da Polícia Civil, a esposa da vítima contou ao marido que o vizinho havia jogado uma sacola com lixos em frente à sua casa e Geraldo foi até a rua tomar satisfação sobre o ocorrido. Os dois começaram a discutir, se agrediram e José foi até sua residência em busca de uma arma. Ao sair novamente, apontou o revólver para Geraldo e efetuou três disparos. A vítima foi atingida por um tiro no pescoço e outro no ombro.
O técnico em eletrônica não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no local antes mesmo da chegada de socorro. Depois de matar o vizinho, José fugiu no próprio carro e até o final da manhã de ontem não havia sido localizado.

Ponta Porã
Ranulfo Peres dos Santos, 36 anos, morreu na manhã de ontem depois de ser atingido por um golpe de faca desferido por Vitório Dias Dutra, em Ponta Porã. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu depois que a esposa da vítima sofreu tentativa de assalto quando seguia para o Paraguai, onde visitaria parentes. Vitório e mais dois comparsas foram identificados por ela como sendo os autores da tentativa de roubo.  
Assustada, a mulher voltou para casa e contou ao marido o que havia acontecido. O rapaz saiu pela cidade em busca dos autores e acabou localizando Vitório junto de outras pessoas. Quando se aproximava do grupo, Ranulfo teria ouvido eles dizerem que deveriam ter matado a esposa dele. Indignado, ele foi tomar satisfação e Vitório acabou perseguindo-o com uma faca nas mãos. Ao alcançar Ranulfo, Vitório desferiu um golpe de faca que o matou na hora.

Leia Também