Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 18 de dezembro de 2018

F-1

Brawn diz que Mercedes pode superar a Red Bull

13 MAR 2011Por gazeta esportiva 13h:24

O chefe da Mercedes, Ross Brawn, ficou animado com o resultado do alemão Michael Schumacher no treino de sexta-feira (11). O tempo de 1min21s249 foi o melhor da pré-temporada em Barcelona fez o dirigente dizer que é possível superar a Red Bull, atual campeã dos Mundiais de Pilotos e Construtores.

- Esse será nosso ponto de referência. É quem precisamos bater para ganhar corridas, mas não acho que seja inatingível. As coisas mudam muito rápido na Fórmula 1. Quando você não é o ponto de referência, trabalha um pouco mais, e talvez seja mais aventureiro e agressivo, explicou à ESPN.

Além da agressividade, Brawn espera aproveitar os novos pneus Pirelli para bater os austríacos, já que o carro mais rápido não será necessariamente o melhor no começo da temporada, pois a empresa italiana está fabricando pneus com alto nível de degradação.

- Vai animar a F-1 em vários aspectos. Obviamente o cara que parar no início vai ter vantagem por um período, mas se você mantiver aquela parada terá de fazer um pit-stop extra ou vai acabar ficando sem pneus na parte final da corrida, se tornando muito vulnerável, comentou.

Após vencer os Mundiais de Pilotos e Construtores em 2009, como Brawn GP, a Mercedes ficou apenas em quarto lugar entre as equipes de 2010 e em sétimo com o alemão Nico Rosberg.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também