Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Brasileiros perdem nas duplas

22 JAN 10 - 08h:31
Nenhuma vitória em três partidas. Esse foi o saldo do tênis brasileiro na chave masculina de duplas do Aberto da Austrália. Após a surpreendente derrota de Marcelo Melo e Bruno Soares, na madrugada de ontem foi a vez de André Sá e Thomaz Bellucci caírem. De quebra, Marcos Daniel também foi eliminado, ao lado do austríaco Daniel Koellerer. A participação brasileira em Melbourne começou a terminar quarta-feira à noite com Daniel. Jogando com Koellerer, eles foram rapidamente batidos pelo sueco Simon Aspelin e pelo australiano Paul Hanley, cabeças de chave 11, por 6/1 e 6/2. Na sequência, Sá e Bellucci também não resistiram e perderam para os norte-americanos Eric Butorac e Rajeev Ram, integrantes do top 40 do ranking de duplas, também em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4. Agora, só há brasileiros atuando nas duplas mistas. Com Su-Wei Hsieh, de Taipei, Soares estreia logo com os cabeças três, Bethanie Mattek-Sands e Bob Bryan. Sá também deu azar no sorteio e, ao lado da espanhola Anabel Medina Garrigues, pega a parceria formada por Daniela Hantuchova e Daniel Nestor, que é a segunda maior favorita ao título. Para fechar, Melo e a italiana Flavia Pennetta jogam contra Monica Niculescu e Julian Knowle.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Sem resistência popular, deputados aprovam reforma da previdência
1ª DISCUSSÃO

Sem resistência popular, reforma da previdência é aprovada

Surian atenderá crianças no contraturno das aulas, diz vereador
IMPASSE

Surian atenderá crianças no contraturno das aulas, diz vereador

Deputados ignoram protestos e aprovam aumento no Judiciário
20%

Deputados ignoram protestos e aprovam aumento dos juízes

"Uma pirralha", diz Bolsonaro sobre Greta Thunberg
CRÍTICA

"Uma pirralha", diz Bolsonaro sobre Greta

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião