Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

desempenho

Brasileiros não passam da 15ª posição e decepcionam

8 NOV 2010Por São Paulo04h:00

 Correndo em casa, os pilotos brasileiros não tiveram um desempenho satisfatório ontem no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O melhor colocado dos corredores locais foi Rubens Barrichello, da Williams, que chegou na 14ª posição. Felipe Massa, da Ferrari, foi o 15º, Bruno Senna, da Hispania, o 21º, e Lucas di Grassi, da Virgin, o 23º.

O desempenho em casa foi o pior dos brasileiros desde 2003, quando Cristiano da Matta foi o melhor da corrida ao chegar em décimo com a Toyota - na ocasião, a posição não valia pontos. No ano anterior, Rubens Barrichello (Ferrari), Felipe Massa (Sauber) e Enrique Bernoldi (Arrows) correram, sem que nenhum cruzasse a linha de chegada.

Massa, que largou em nono, teve problemas no começo da corrida. Após sua primeira parada, logo na 13ª volta, uma falha no composto dianteiro direito obrigou o piloto a voltar aos boxes, despencando na classificação.

Felipe fazia uma corrida de discreta recuperação, mas complicou-se novamente na 60ª volta, quando chocou-se com o suíço da Toro Rosso, Sebastien Buemi e escapou do traçado. Massa só recuperou-se nas voltas finais ao ultrapassar a Renault do russo Vitaly Petrov.

Rubens Barrichello, melhor brasileiro no grid de largada, saiu do sexto lugar para terminar a corrida em 14º. O veterano da Williams não teve um bom ritmo ao longo da corrida, e teve seu grande prejuízo ao furar seu pneu dianteiro em toque com espanhol Jaime Alguersuari, também da Toro Rosso.

Lucas di Grassi, que estreava pela F1 no Autódromo de Interlagos, ameaçou abandonar a corrida na 44ª volta, mas acabou voltando. Por fim, Bruno Senna sofreu mais uma vez com a fraca Hispania.

Leia Também