quarta, 18 de julho de 2018

FRONTEIRA

Brasileiros ligados ao narcotráfico exploravam ouro em fronteira com Bolívia

10 OUT 2010Por Portal Terra17h:27

Brasileiros vinculados com o narcotráfico exploravam ouro na fronteira com a Bolívia, confirmou hoje o governo boliviano, que passou a investigar o caso depois que o Exército do país realizou na semana passada uma série de operações na região.

O diretor da Agência para o Desenvolvimento de Zonas Fronteiriças, Juan Ramón Quintana, informou à imprensa estatal que a relação foi descoberta na operação realizada em partes dos departamentos (estados) de Santa Cruz e Beni, limítrofes com o Brasil.

Segundo Quintana, "brasileiros que não necessariamente são empresários, alguns deles vinculados ao narcotráfico", investiram capital para a exploração ilegal do ouro na região, causando um dano "brutal" ao meio ambiente.

Quintana explicou ainda que há casos de brasileiros que lavaram dinheiro proveniente do tráfico comprando máquinas e propriedades para a exploração do ouro na fronteira e usaram bolivianos como funcionários em condição de "semi-escravidão".

"Temos toda a informação de que compraram fazendas, máquinas e que investiram o dinheiro do narcotráfico no ouro", afirmou.

A operação militar no leste da Bolívia foi a maior feita no país "em 20 ou 25 anos", de acordo com Quintana, e incluiu a prisão de dezenas de pessoas entre brasileiros e bolivianos.

Leia Também