segunda, 16 de julho de 2018

INTERNACIONAL

Brasileiros bloqueados no Chile por protestos começam a deixar região

16 JAN 2011Por FOLHA ONLINE08h:33

O grupo de ao menos cem turistas brasileiros que, há seis dias, está isolado no extremo sul do Chile, por causa de protestos locais, se preparava para deixar a região na noite de sábado.

Um avião militar chileno foi disponibilizado para retirar os brasileiros e outros mil estrangeiros que visitavam os parques nevados próximos ao estreito de Magalhães, a mais de 3.000 km de Santiago.

Os turistas foram impedidos de voltar para casa em razão de piquetes realizados por moradores da região, que bloquearam aeroportos e todas as rodovias após o governo anunciar aumento na conta de gás.

Houve saques, greve geral e desabastecimento. Parte dos turistas recorreu a abrigo da Cruz Vermelha para comer e dormir durante a semana.

Apesar de os protestos continuarem, manifestantes permitiram ontem que o governo retirasse os estrangeiros.

A polícia deverá escoltar os comboios com os turistas que estão de carro, e a Força Aérea chilena levará os demais até os aeroportos próximos do Chile e da Argentina que estão funcionando normalmente.

O primeiro voo tinha decolagem prevista para as 18h20, no horário local, e levaria 115 pessoas de Puerto Natales até Punta Arenas, onde os turistas embarcariam até Santiago.

Outros voos estavam previstos para a noite de ontem e para hoje.

Leia Também