Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Brasileiro morre em salto de base jump na Noruega

Brasileiro morre em salto de base jump na Noruega
22/07/2012 06:00 - G1


O esportista André Sementile, morador de Balneário Camboriú, no Litoral Norte do estado, morreu durante um salto de base jump na Noruega. A morte ocorreu na quarta-feira (18). Em entrevista ao G1, o pai, José Roberto Sementile, confirmou que Andrezão, como era conhecido, bateu em uma pedra cerca de quatro segundos depois de saltar de um penhasco na cidade de Rauma, Norte norueguês. Ele estava de férias e viajou com amigos para praticar o esporte. A volta estava programada para o dia 24 de julho.

Ele nasceu em Bauru (SP) e tinha 34 anos. Durante a infância e adolescência, a família morava em Marília (SP) e passava as férias no litoral catarinense. Depois, ele decidiu fazer a graduação de engenharia elétrica na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e morar no estado. Era dono de uma imobiliária em Itajaí e praticava este e outros esportes havia 17 anos. "Ele praticou esportes desde sempre, motovelocidade, mountain bike, paraquedismo, base jump e outros", conta o pai, que também explica que o filho era muito cuidadoso.

À Noruega, era a 3ª viagem, como também já tinha viajado para outros países, como Itália e Suíça, em que há locais apropriados para a prática de base jump. "Ele tinha muitos amigos e conhecia muita gente de todos os lugares, por isso viajava bastante para saltar e para ensinar o esporte", afirma. O base jump é uma modalidade de salto em penhascos, prédios altos, antenas de transmissão e pontes.

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...