Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

UFC

Brasileiro é acusado de fraudar antidoping

30 MAR 11 - 13h:38r7

O brasileiro Thiago Silva confirmou, nesta quarta-feira (30), que fraudou seu exame antidoping na edição 125 do UFC, quando venceu o americano Brandon Vera por decisão unânime dos juízes. Em declaração ao site MMA Junkie, o lutador disse que aceitará qualquer punição que lhe for imposta pela Comissão Atlética de Nevada, nos EUA.

Um relatório da Comissão Atlética afirma que o resultado do exame foi considerado inválido, uma vez que a urina usada não era humana. Tanto a amostra inicial quanto a contraprova apontaram o mesmo resultado. Thiago Silva reconheceu que tentou enganar o controle de dopagem.

- Eu entreguei uma urina adulterada após a luta com Brandon Vera. Fiz isso em uma tentativa de para de mudar o resultado do exame e conscientemente quebrei as regras. Foi uma péssima decisão  da minha parte e serei punido por isso.

Thiago, que está escalado para participar do UFC 130, no dia 28 de maio, contra o americano Rick Story, disse que uma lesão cerca de um mês antes de lutar na edição 125 o levou a recorrer ao doping. - Quero explicar as circunstâncias que me levaram a agir assim, mas, por favor, não entendam como uma tentativa de me justificar. Machuquei seriamente as costas pouco antes da luta contra Rashad Evans [em janeiro deste ano]. Lutei, perdi e fiquei afastado um ano para me recuperar. Depois tive outra lesão nas costas 45 dias antes do combate contra Brandon Vera. Já que estava afastado por tanto tempo, decidi que o único jeito de não desistir da luta era tomar injeções de sustâncias proibidas nas costas e na coluna. Também tomei a decisão de usar algo para esconder essas susbtâncias no exame de urina.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Segunda Turma do STF nega a Lula suspeição de Moro na ação do Instituto

BRASIL

Maia: pacote anticrime está 'quase maduro' e poderá ser votado em algumas semanas

BRASIL

EUA estão preocupados com impacto de incêndios na Amazônia

Incêndio assusta no Parque dos Poderes
CAMPO GRANDE

Incêndio assusta no Parque dos Poderes

Mais Lidas