Terça, 16 de Janeiro de 2018

Brasileira e queniano são os campeões da Matarona de SP

3 MAI 2010Por 08h:52
São Paulo

Em busca de  novo recorde para a Maratona de São Paulo, os organizadores fizeram alterações no trajeto, excluindo subidas, mas a tentativa não surtiu efeito na manhã de ontem. Sem os melhores tempos da história, a brasileira Marizete Moreira e o queniano Stanley Biwott conquistaram os títulos da edição 2010 da disputa.
Marizete marcou 2h39min26, mais de três minutos acima do obtido por Maria Zeferina Baldaia em 2002: 2h36min07s. Com o resultado, ela repete seu feito do ano passado. Trata-se do 12º título do país em 16 edições.
O segundo lugar ficou com a queniana Margaret Okayo (2h40min23s), que foi seguida por Adriana Aparecida (2h40min23). Líder durante boa parte da prova, Marily dos Santos terminou em quarto e teve que ser carregada após cruzar a linha.
Entre os homens, o jovem Stanley Biwott ficou mais perto de derrubar o recorde estabelecido por Vanderlei Cordeiro de Lima há oito anos, mas falhou por apenas dois segundos ao marcar 2h11min21 neste domingo. Os também quenianos Jonathan Kipkorir e Philip Kiplagat conquistaram, respectivamente, a segunda e a terceira colocações. A Maratona de São Paulo 2010 teve 20 mil participantes, dois mil a mais que no ano passado.

Leia Também