Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

Jogos Olímpicos

Brasil vira e desbanca Espanha no basquete

6 AGO 2012Por terra17h:32

Na última rodada da fase inicial do basquete masculino nos Jogos Olímpicos de Londres, o Brasil reagiu no último quarto e superou a favorita Espanha em seu quinto jogo na competição. Por 88 a 82, a Seleção conquistou sua quarta vitória na Arena de Basquete e terminou a participação no Grupo A com nove pontos, na segunda colocação, atrás da Rússia. Os espanhóis ficaram em terceiro, seguidos da Austrália, ambos com oito pontos.

As colocações finais no grupo indicam um provável confronto do Brasil contra a Argentina, que enfrenta no jogo que encerra a fase preliminar os Estados Unidos. Como os americanos são favoritos no duelo, a Espanha deve encarar a França nas quartas de final.

Com arremessos certeiros, os espanhóis terminaram o primeiro quarto à frente do Brasil conduzidos por um excelente Pau Gasol, pivô que terminou a metade inicial da primeira etapa com 13 pontos, errando apenas um chute em sete tentativas. Paciente, a Seleção trabalhou a bola no ataque, mas pecou nas finalizações e saiu derrotada do período por 26 a 17.

Os comandados de Rubén Magnano voltaram bem para a segunda metade da etapa inaugural, mesmo tendo problemas com o garrafão espanhol, que conseguiu três tocos no período, dois deles de Serge Ibaka, titular do Oklahoma City Thunder, finalista da última temporada da NBA. Dificultando a atuação do ataque espanhol, os brasileiros diminuíram a desvantagem no marcador e foram para os vestiários a seis pontos dos espanhóis.

O terceiro quarto permitiu que a Espanha recuperasse a vantagem perdida no período anterior. Ibaka e os irmãos Gasol deram trabalho tanto no ataque quanto na defesa brasileiros e foram fundamentais para que os espanhóis mantivessem uma distância confortável no placar.

No último período, o pivô Caio Torres, pouco utilizado na competição por Magnano, acabou excluído em três minutos de jogo. Mesmo assim, a Seleção reagiu e conseguiu virar a partida em seis minutos. Acertando cestas de três com Leandrinho e Marquinhos, os brasileiros saíram de uma desvantagem de nove pontos e tomaram a frente no placar virando para 75 a 73, com o relógio marcando 4min15s.

Leandrinho foi o destaque brasileiro com 23 pontos. Defensivamente, Tiago Splitter foi o jogador mais importante, com 6 rebotes, um toco e duas roubadas de bola, além de 11 pontos. Do lado espanhol, Pau e Marc Gasol foram os cestinhas, com 25 e 20 pontos, além de sete e três rebotes, respectivamente. Ibaka, com seis rebotes e três tocos foi quem mais brilhou na defesa.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também