Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

economia

Brasil sobe para quarta posição do ranking, após alta de 4,2% na venda de veículos

6 JUN 2011Por INFOMONEY05h:00

O Brasil subiu da sétima para a quarta colocação no ranking mundial de vendas de veículos, em abril, com 272.898 unidades comercializadas. Na comparação com abril de 2010, quando foram vendidos 261.881 automóveis no País, houve alta de 4,2%.

"A consolidação do mercado automotivo brasileiro cada vez mais traz destaque para nossa imagem neste cenário extremamente competitivo", afirmou o diretor de Vendas OEM/Retail da Jato Dynamics do Brasil, João Carlos Rodrigues.

De acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira (3) pela Jato Dynamics, a Rússia apresentou alta de 42,4%, a Índia subiu 14,1% e a França caiu 10,3%, sendo que os países passaram a ocupar respectivamente a quinta, sexta e sétima colocações no ranking.

Os três melhores
Os Estados Unidos continuaram na primeiro colocação em abril, com alta de 17,9%, enquanto a China manteve a segunda colocação, com aumento de 3,5%.

"Sim, as vendas nos Estados Unidos estão aumentando. Qual o custo disso? Destaca-se em primeiro lugar a recuperação da economia local e tão importante quanto é o fato das montadoras, lideradas pela GM e Chrysler, que abrem 'seus cofres' em forma de incentivos de vendas na conquista de seus consumidores", disse o diretor superintendente da Jato Dynamics do Brasil, Luiz Carlos Augusto.

O Japão, que em março ocupava a terceira posição, caiu 47,3% e passou para a oitava posição. A Alemanha, que ocupava a quinta posição, subiu para o terceiro lugar no ranking, após alta de 2,8%.

Depois do Japão no ranking, seguem a Itália, com queda de 1,1% e o Canadá, com crescimento de 6,8%.

América do Sul
Na América do Sul, a Argentina marcou presença forte. Em abril, o país vizinho registrou alta de 26,9% nas vendas, frente a abril de 2010, com a comercialização de 61.673 veículos.

Em crescimento, o destaque ficou com o Uruguai. O país registrou alta de 30,8% no quarto mês do ano, ao comercializar 2.010 veículos, contra os 1.537 de abril do ano passado. O Equador registrou o menor crescimento, de 3%.

No sentido contrário, a Venezuela registrou a maior queda nas vendas em abril (-20,1%), seguida por Bolívia (-11,5%) e Paraguai (-9,8%).

Leia Também