Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Brasil pedirá extradição de Pizzolato

5 FEV 2014Por folhapress13h:15

O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) afirmou hoje que o país pedirá a extradição do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, preso na manhã de hoje em cidade no norte da Itália. Formalmente, essa solicitação cabe ao Supremo Tribunal Federal.

Cardozo aproveitou ainda para elogiar a atuação da Polícia Federal na operação e alfinetar os críticos à atuação da PF e do ministério que chefia. "Pouco importa quem sejam as pessoas. Nós governamos pelo princípio da impessoalidade, independentemente das nossas paixões", afirmou em coletiva de imprensa na tarde de hoje.

Segundo Cardozo, o trabalho de investigação ocorreu com "total colaboração" entre as polícias brasileira e italiana. "Muitos diziam que não estávamos investigando o caso como se devia, que havia uma situação de acumpliciamento em relação a esse caso. E essa situação demonstra a competência da Polícia Federal brasileira, a forma rigorosamente republicada pela qual essa Policia Federal trabalha", disse o ministro. 

Leia Também