Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Brasil indica economista Ivan Ramalho para alto representante do Mercosul

30 JUL 12 - 17h:30AGÊNCIA BRASIL

O governo do Brasil vai sugerir hoje (30) o nome do economista brasileiro Ivan Ramalho, ex-secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, como alto representante do Mercosul. A sugestão ocorrerá durante reunião dos ministros de Relações Exteriores do Mercosul – Brasil, Argentina, Uruguai e Venezuela – que começou por volta das 17h30. O nome de Ramalho será submetido à análise pelos demais chanceleres.

O alto representante do Mercosul é responsável pela interlocução com negociadores externos, como empresários, países de fora do bloco, universidades e demais interessados em aproximações com o grupo. O papel era desempenhado pelo embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, que foi secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os ministros das Relações Exteriores Antonio Patriota (Brasil), Héctor Timerman (Argentina), Luis Almagro (Uruguai) e Nicolás Maduro (Venezuela) estão reunidos no Itamaraty. A previsão é que a reunião dure cerca de duas horas e meia. Não há confirmação de declaração à imprensa ao final do encontro.

A reunião dos chanceleres antecede a solenidade que oficializa a incorporação da Venezuela no Mercosul. A cerimônia ocorrerá amanhã (31) pela manhã no Palácio do Planalto, depois haverá um almoço no Ministério das Relações Exteriores, no Itamaraty. A previsão é que os presidentes Hugo Chávez (Venezuela), Cristina Kirchner (Argentina) e José Pepe Mujica (Uruguai) cheguem ainda esta noite. Todos participam da solenidade amanhã. Com o ingresso da Venezuela, o Mercosul contará com uma população de 270 milhões de habitantes (70% da população da América do Sul), registrando um Produto Interno Bruto (PIB), a preços correntes, de US$ 3,3 trilhões (o equivalente a 83,2% do PIB sul-americano) e um território de 12,7 milhões de quilômetros quadrados (72% da área da América do Sul).

O Paraguai está suspenso do Mercosul até abril de 2013 depois do impeachment do presidente Fernando Lugo em junho.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

Fausto Mato Grosso: "Nobel da Paz bem escolhido"

Professor aposentado da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
OPINIÃO

Daniel Ferreira Martins: "Airbnb: uso do direito de propriedade, ou violação das regras condominais?

Advogado
Teste da Triumph Tiger 1200 XCa
CORREIO VEÍCULOS

Teste da Triumph Tiger 1200 XCa

Felpuda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião