Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

AMISTOSO

Brasil faz 3 na Suécia e ameniza pressão

15 AGO 12 - 16h:13terra

Pressionado após o vice-campeonato olímpico em Londres, Mano Menezes ganhou um respiro nesta quarta-feira. Em amistoso comemorativo contra a Suécia no Estádio Rasunda, em Estocolmo, a Seleção Brasileira dominou a partida e venceu por 3 a 0, com todos os gols marcados por centroavantes: um de Leandro Damião e dois de Alexandre Pato.

O resultado serve para atenuar a pressão sobre o técnico do Brasil. No último sábado, a equipe perdeu por 2 a 1 para o México, no Estádio de Wembley, mantendo a sina de não conseguir conquistar a medalha de ouro olímpica.

Para enfrentar a Suécia, a base olímpica foi mantida por Mano Menezes no amistoso que homenageou os finalistas da Copa do Mundo de 1958. Na final daquela competição, o Brasil de Pelé venceu os anfitriões por 5 a 2 no mesmo Estádio de Rasunda, que recebeu nesta quarta-feira a última partida entre seleções de sua história - será demolido.

Na comparação para o time derrotado pelo México, houve espaço para algumas novidades: o lateral direito Daniel Alves e os volantes Paulinho e Ramires, que não estiveram na Olimpíada, foram titulares.

Com o domínio da partida desde o início, o Brasil poderia ter aberto o placar já aos 17min do primeiro tempo, quando Neymar aproveitou o rebote após chute de Leandro Damião e balançou as redes; equivocadamente, a arbitragem assinalou impedimento. Aos 31min, o próprio Neymar fez cruzamento preciso para Damião fazer 1 a 0, batendo com um cabeceio o goleiro Isaksson.

Na segunda etapa, a Suécia melhorou ligeiramente e chegou a ter grande chance para empatar aos 32min, mas Toivonen, livre na grande área, concluiu mal a jogada iniciada com passe de Hysén.

Na sequência, Alexandre Pato decidiu a partida. O atacante, que havia entrado em campo aos 29min da segunda etapa no lugar de Damião, marcou pela primeira vez aos 38min: Hulk arriscou de fora da área e, após desvio do jogador do Milan, a bola sobrou para Daniel Alves, que tocou para Pato balançar as redes.

Dois minutos depois, o próprio Pato deu números finais ao placar: ele recebeu passe de Ramires e foi derrubado dentro da grande área por Wernbloom; na cobrança, o centroavante chegou a escorregar, mas deslocou Isaksson ao finalizar no centro do gol - 3 a 0 e mais tranquilidade para Mano Menezes, cuja equipe volta a atuar em setembro para uma série de três amistosos no Brasil, diante de África do Sul, China e Argentina.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FLÁVIO BOLSONARO

PL livra de punição agente que neutralizar quem portar fuzil

Proposta amplia ainda mais conceito de legítima defesa
LIBERDADE DE IMPRENSA

Jornalista morre após ser baleada em confronto na Irlanda do Norte

"Concorrência pressiona aumento na bomba", afirma Sinpetro
REAJUSTE COMBUSTÍVEIS

"Concorrência pressiona aumento", afirma Sinpetro

Fiéis enchem igrejas para as celebrações da Paixão de Cristo
SEXTA-FEIRA SANTA

Fiéis enchem igrejas para
as celebrações desta sexta

Mais Lidas