domingo, 22 de julho de 2018

PREVENÇÃO

Brasil e Banco Mundial assinam acordo de US$ 200 milhões para combate à aids e a outras DST

5 OUT 2010Por AGÊNCIA BRASIL19h:00

Um acordo para a aplicação de US$ 200 milhões em ações de enfrentamento da Aids e de outras doenças sexualmente transmissíveis (DST), foi assinado hoje pelo governo brasileiro e o Banco Mundial.

A parceria prevê um empréstimo no valor de US$ 67 milhões pelo Banco Mundial e uma contrapartida nacional de US$ 133 milhões. O acordo prevê a melhoria do acesso aos serviços de prevenção, diagnóstico e tratamento da aids e das DST.

De acordo com o Ministério da Saúde, serão implementadas novas modalidades de incentivos aos estados e municípios como o financiamento de bolsas, um sistema de premiação e sanções baseadas em resultados.

O projeto Aids-SUS prevê, entre outras metas, o aumento do acesso ao diagnóstico e a preservativos pelas populações consideradas mais vulneráveis – homossexuais, profissionais do sexo e usuários de droga –, além da expansão de testas entre gestantes para o HIV e também a sífilis.

Leia Também