Brasil conquista ouro, prata e bronze nos 100 m rasos T11 das Paralimpíadas

Brasil conquista ouro, prata e bronze nos 100 m rasos T11 das Paralimpíadas
05/09/2012 21:00 - ig


O Brasil dominou o pódio dos 100 m rasos T11 dos Jogos Paralímpicos de Londres e levou todas as medalhas possíveis da prova nesta quarta-feira. O ouro ficou com Terezinha Guilhermina, que cravou tempo de 12s01 e, de quebra, registrou novo recorde mundial.

 

As outras três competidoras chegaram praticamente juntas. Jerusa Geber conquistou a prata com tempo de 12s75, apenas um centésimo antes de Jhulia Santos. A chinesa Juntingxian Jia cruzou a linha de chegada em quarto lugar, ao registrar 12s79, e ficou de fora do pódio.

Após a prova, Terezinha falou sobre a superação: "Hoje pude mostrar ao mundo que num dia a gente pode chorar, mas no outro sorrir e dançar".

O ouro conquistado nesta quarta-feira é o segundo de Terezinha Guilhermina nesta edição das Paralimpíadas. No último domingo, ela venceu a disputa dos 200 m rasos T11.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".