Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

NOVA CAMISA

Brasil bate Colômbia e cola na ponta no Sub-17

1 ABR 11 - 00h:18g1

A Seleção Brasileira sub-17 voltou a jogar mal, suou, mas conquistou sua primeira vitória no hexagonal final do Sul-Americano nesta quinta-feira, no Estádio Olimpico de Atahualpa, em Quito. Mais do que isso: mostrou que a  segunda camisa é "pé-quente". Com a nova azul pela primeira vez, o Brasil bateu por 1 a 0 a Colômbia, a quem havia a goleado por 5 a 1 na última sexta, e colou na líder Argentina. O gol da partida foi marcado pelo zagueiro Matheus, do Grêmio, aos 10 minutos do segundo tempo.

O resultado jogou a equipe do técnico Emerson Ávila para os quatro pontos, mesma pontuação dos hermanos, que empataram por 1 a 1 com o Uruguai na primeira partida. O desempate está nos gols pró (a Argentina marcou duas vezes na atual fase e o Brasil apenas uma).

Pelo mesmo critério, o Equador é o terceiro, com os mesmos dois pontos da Celeste. O Paraguai, que ficou no 2 a 2 com os donos da casa, é o lanterna. Vale lembrar que a competição classifica os quatro melhores para o Mundial da categoria e os Jogos Pan-Americanos, ambos no México, no segundo semestre.

A Seleção de Lucas Piazon, Adryan e companhia volta a campo no próximo domingo, às 22h10 (de Brasília), contra o Equador em Latacunga. A Argentina pega a Colômbia, enquanto o Uruguai enfrenta o Paraguai.

Apesar da vitória, o Brasil voltou a repetir os erros da estreia na fase final diante do Uruguai, quando empatou por 0 a 0 na última segunda-feira. A marcação falhava e se mostrava insegura, enquanto o ataque esbarrava na falta de criatividade do meio-campo. Foram poucas as chances criadas. A melhor delas veio aos 32, quando Lucas Piazon e Adryan tabelaram até a bola sobrar para Wallace, que cruzou e quase viu o zagueiro adversário jogar contra o próprio patrimônio.

A revelação do Internacional, Andrigo, voltou para o segundo tempo no lugar do aniversariante Guilherme Costa. Mas a melhora foi tímida. Ao menos o suficiente para a Seleção chegar ao gol, aos 10 minutos. Adryan cruzou, Piazon desviolou levemente e Matheus, no meio da área, completou.

Argentina também empata com o Uruguai e lidera hexagonal final

Assim como a Seleção, a Argentina também empatou com o Uruguai nesta quinta, mas pelo placar de 1 a 1, e segue líder do hexagonal decisivo do Campeonato Sul-Americano Sub-17, disputado no Equador, justamente pelo gol marcado por Andrada.

A Argentina dominou o primeiro tempo, firme na defesa e com muita velocidade no ataque, enquanto o adversário apostava apenas em jogadas individuais de Leonardo Paes e Elbio Álvarez.

Na etapa final, os argentinos foram recompensados pelo melhor futebol e abriram o placar aos 24 minutos, quando Pinto recuperou a bola e serviu Andrada, que chutou rasteiro no canto direito do goleiro. No entanto, uma falha individual determinou a igualdade. Aos 30 minutos, Gianni Rodríguez cruzou para a área, Padilla tentou afastar, mas acabou marcando gol contra. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

INDEFINIÇÃO

STF adia julgamento sobre compartilhamento de dados da Receita com MP

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa de Temer
EX-PRESIDENTE

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa

NO TWITTER

Lava Jato não precisa de pirotecnia para sobreviver, diz Lula sobre prisão de Temer

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2
LAVA JATO

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2

Mais Lidas