Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Brasil antecipa em um ano a meta de doadores de órgãos

31 JUL 12 - 06h:00terra

Nos primeiros quatro meses do ano, o Brasil alcançou a taxa de 13,6 doadores de órgãos para cada 1 milhão de habitantes, meta prevista para ser alcançada apenas em 2013, aponta um levantamento divulgado nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde.

O número representa um total de 726 doadores, aumento de 29% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram notificados 564 doadores, e a meta nacional era 11,4 doadores para cada 1 milhão de pessoas. No primeiro quadrimestre de 2012, foram feitos 7.993 transplantes, crescimento de 37% em comparação ao mesmo período de 2011, ante 5.842 transplantes.

O levantamento indica que a Região Norte registrou aumento de 109% no total de transplantes, enquanto no Centro-Oeste a melhora foi de 103%. Outro dado mostra que os transplantes de coração, considerados de alta complexidade, cresceram 61% no mesmo período.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, lembrou que no início da década a média nacional era 5 doadores para cada 1 milhão de habitantes e que, em 2011, o País já havia batido o recorde de superar, pela primeira vez, o índice de 10 doadores por milhão.

''Acreditamos que vamos sustentar este aumento. Ainda teremos o impacto de uma portaria publicada em maio de 2012 que ampliou em 30% o valor do procedimento que o ministério paga para transplante de rim e em até 60% quando o hospital realiza um número maior de transplantes complexos como de pulmão e de coração'', disse.

A expectativa da pasta, de acordo com o coordenador do Sistema Nacional de Transplantes, Heder Murari Borba, é chegar ao final deste ano com a média nacional de 14 doadores para cada grupo de 1 milhão de brasileiros. Segundo ele, Estados como São Paulo, Santa Catarina e o Ceará já registram índices superiores a 20 doadores por 1 milhão de habitantes.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Fisiatria é especialidade médica que previne as dores físicas
SAÚDE

Fisiatria é especialidade médica que previne as dores físicas

Citroën Jumper
CORREIO VEÍCULOS

Citroën Jumper

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce
PESQUISAS

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Novo 'Homens de Preto' lidera bilheteria, mas não impressiona a crítica
CINEMA

Novo 'Homens de Preto' lidera bilheteria, mas não impressiona a crítica

Mais Lidas