Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

"alta probabilidade"

BR-163, porta de entrada da dengue tipo-4 em MS

30 NOV 2010Por anahi zurutuza05h:10

As secretarias municipal e estadual de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul estão em alerta por conta da "alta probabilidade" de o vírus da dengue tipo 4 chegar ao Estado. Embora ainda não tenha sido registrado caso da doença causada pelo sorotipo — que não aparecia no Brasil desde 1986 e, este ano, já contaminou, pelo menos, 12 pessoas no País —, de acordo com especialistas, não há como impedir a chegada do vírus tipo 4 à MS e a rodovia BR-163 é considerada a principal "porta de entrada" da variante da patologia.

Em Mato Grosso do Sul, de 1º de janeiro a 24 de novembro, foram registrados 80.020 casos de dengue, todos eles causados pelos sorotipos 1, 2 e 3. "Ainda não tivemos registros da volta do tipo 4 ao Estado. Mas, a secretaria está monitorando e em alerta", afirma a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Bernadete Lewandoowski.

Até agora, casos da dengue tipo 4 só foram registrados em Roraima. Segundo a secretaria de saúde do estado localizado na região norte do Brasil, já são 12 pessoas contaminadas pela tipagem do vírus. O problema, explica a diretora, é que o vírus pode espalhar-se facilmente para outras localidades. "A nossa preocupação em Mato Grosso do Sul, é a BR-163. Muitos caminhoneiros que vêm de Roraima passam por aqui. Se algum deles estiver infectado pelo tipo 4, mesmo sem apresentar sintomas, e for picado pelo mosquito transmissor aqui pode ser o início do contágio de pessoas no Estado".

Leia Também