Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Bovespa registra alta e dólar crava R$ 1,77

Bovespa registra alta e dólar crava R$ 1,77
20/01/2010 04:12 -


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) teve um novo dia de recuperação, favorecido pelo bom humor dos investidores também no mercado externo. Mas alguma preocupação com a economia chinesa fez o mercado brasileiro operar em terreno negativo ao longo do pregão ontem. A taxa de câmbio doméstica cravou R$ 1,77. O Ibovespa subiu 0,73% no fechamento, aos 69.908 pontos. No decorrer do pregão, a Bolsa chegou a retomar o nível dos 70 mil pontos estabelecido no início deste ano. O nível histórico é de 73.516 pontos, registrado em maio de 2008. O giro financeiro foi de R$ 5,6 bilhões. O dólar comercia l foi vendido por R$ 1,771, em um avanço de 0,22%. A taxa de risco-país marca 204 pontos, número 2,39% abaixo da pontuação anterior. Os preços da moeda norte-americana oscilaram entre R$ 1,782 e R$ 1,772. “Nós vemos uma resistência muito forte do dólar nesse patamar de R$ 1,78. Nos últimos dias, chega nesse preço, mas não ultrapassa, mas isso é somente uma questão de tempo”, comenta o gerente da Confidence Câmbio, Felipe Pellegrini. Entre as notícias de maior repercussão no dia, mereceu muitos comentários a iniciativa da autoridade monetária asiática, que elevou os juros pagos em títulos públicos com um ano de prazo, aumentando o custo do capital.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!