Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Bovespa registra alta e dólar crava R$ 1,77

20 JAN 10 - 04h:12
A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) teve um novo dia de recuperação, favorecido pelo bom humor dos investidores também no mercado externo. Mas alguma preocupação com a economia chinesa fez o mercado brasileiro operar em terreno negativo ao longo do pregão ontem. A taxa de câmbio doméstica cravou R$ 1,77. O Ibovespa subiu 0,73% no fechamento, aos 69.908 pontos. No decorrer do pregão, a Bolsa chegou a retomar o nível dos 70 mil pontos estabelecido no início deste ano. O nível histórico é de 73.516 pontos, registrado em maio de 2008. O giro financeiro foi de R$ 5,6 bilhões. O dólar comercia l foi vendido por R$ 1,771, em um avanço de 0,22%. A taxa de risco-país marca 204 pontos, número 2,39% abaixo da pontuação anterior. Os preços da moeda norte-americana oscilaram entre R$ 1,782 e R$ 1,772. “Nós vemos uma resistência muito forte do dólar nesse patamar de R$ 1,78. Nos últimos dias, chega nesse preço, mas não ultrapassa, mas isso é somente uma questão de tempo”, comenta o gerente da Confidence Câmbio, Felipe Pellegrini. Entre as notícias de maior repercussão no dia, mereceu muitos comentários a iniciativa da autoridade monetária asiática, que elevou os juros pagos em títulos públicos com um ano de prazo, aumentando o custo do capital.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RECEITA FEDERAL

Cerca de 700 mil contribuintes caíram na malha fina em 2019

Gugu Liberato: família quer criar campanha para doação de órgãos
INCENTIVO

Gugu Liberato: família quer criar campanha para doação de órgãos

Dólar tem sexta queda seguida e recua para R$ 4,12
MENOR NÍVEL EM UM MÊS

Dólar tem sexta queda seguida e recua para R$ 4,12

Consórcio oferece reajuste de 2,55%, mas decisão fica para amanhã com representante da prefeitura
TRANSPORTE COLETIVO

Consórcio oferece reajuste de 2,55%, mas decisão fica para terça-feira

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião