domingo, 15 de julho de 2018

TRATAMENTO

Botox em creme acaba com as manchas na pele

25 FEV 2011Por terra01h:00

Realizado neste mês de fevereiro, o último congresso da Academia Americana de Dermatologia apresentou as novidades que prometem revolucionar o tratamento de pele em breve. O brasileiro Jardis Volpe – dermatologista de estrelas como Cláudia Raia, Maria Fernanda Candido, Adriane Galisteu e Fernanda Vasconcellos – esteve por lá e destacou as principais novidades.

Tratamento de manchas
Segundo o médico, as manchas ou melasma da pele são problemas muito prevalentes no Brasil que podem surgir por conta do uso de pílulas anticoncepcionais, gravidez e excesso de sol em peles morenas. “O tratamento é desafiador, sendo que uma parte dos pacientes ainda não melhora com os tratamentos já existentes. Por esta razão, novas terapias estão sendo estudadas para se atingir melhores resultados”, comenta.

A novidade apresentada no evento para melhorar o problema é uma enzima chamada lignina peroxidase. “Trata-se de um produto em forma de creme que age quebrando a melanina sem causar toxicidade, como é o caso da hidroquinona, forte despigmentante que é alergênico. Esse produto é permitido em gestantes, podendo ser usado como profilaxia em pessoas com tendência a manchas durante a gestação. A promessa é uma pele mais clara e com aparência mais homogênea após um mês de uso diário”, explica.
 
Técnica de Infusão
Há no mercado uma grande quantidade de ativos modernos e potentes para diversas finalidades de tratamentos. No entanto, para que esses produtos tenham total eficácia e penetrabilidade na pele, foi apresentada a Técnica de Infusão Dérmica de substâncias. Trata-se de um aparelho, cujo nome é Impact, que aumenta a penetração dos ativos, que também pode ser potencializado com uma aplicação de ultrassom. Essa técnica está sendo estudada há algum tempo pelos experts da Harvard Medical School, com previsão de chegar ao Brasil no próximo mês.

A ação dele é bem simples, de acordo com o doutor Volpi. Ao criar micropontos na pele, aumenta-se a penetração dos ativos. As vantagens são inúmeras, uma vez que o ativo é levado diretamente na profundidade da pele. “A técnica pode ser usada em tratamentos para manchas, rejuvenescimento, flacidez e rugas. As aplicações são mensais e o número de sessões varia de acordo com cada paciente”, diz.

Botox em creme
Já a toxina botulínica causou polêmica. Usada há 20 anos na Dermatologia Cosmética para tratar rugas de expressão e transpiração excessiva (hiperidrose), a substância ganhou uma nova versão. Agora, estudos conduzidos nos Estados Unidos estão sendo realizados com a substância em forma de gel-creme. A novidade causou discussões no meio científico. Um dos argumentos é a dificuldade em fazer com que a substância penetre na pele.

Leia Também