ESPORTES

Botafogo vira no fim do jogo e derrota o Vitória em Salvador

Botafogo vira no fim do jogo e derrota o Vitória em Salvador
02/08/2010 12:14 -


SALVADOR

Se o duelo entre Vitória e Botafogo, disputado na tarde de ontem no Barradão, em Salvador, esteve longe de ser um espetáculo de bom futebol – muito disso pelas péssimas condições do gramado - teve três minutos eletrizantes e que valeram o ingresso. Dos 35 aos 37 minutos do segundo tempo a emoção rolou solta e garantiu a satisfação do torcedor. Pelo menos o alvinegro, que foi prestigiar a reestreia de Maicosuel e viu Jobson se destacar no triunfo por 3 a 1, em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão.
Com gols em sequência de Edno, Júnior e do jovem atacante Jobson – que voltou a balançar as redes no minuto final - o Glorioso triunfou pela primeira vez no estádio baiano e pegou o elevador na tabela de classificação, com 15 pontos.
Já o Vitória, que escalou apenas três titulares, caiu na tabela com 14 pontos, e volta sua atenções para a decisão da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, contra o Santos, em Salvador.

Avaí
Ontem o Avaí manteve a invencibilidade pós-Copa do Mundo e aplicou uma goleada de 4 a 1 no Goiás e começou a flertar com o G4, grupo dos quatro clubes que garantem vaga na Copa Libertadores do ano que vem.
A partida serviu para homenagear o goleiro Renan,  que foi convocado pelo técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, para o amistoso contra os Estados Unidos.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".