Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPEONATO CARIOCA

Botafogo perde para o Friburguense <br>e se complica

Botafogo perde para o Friburguense <br>e se complica
08/02/2014 18:15 - terra


Mais uma vez, os reservas do Botafogo decepcionaram no Campeonato Carioca. Desta vez, os alvinegros foram derrotados por 1 a 0 para o Friburguense e se complicaram de vez na briga por uma vaga para as semifinais do Estadual. Com o resultado, os botafoguenses seguem com apenas cinco pontos, perto da zona de rebaixamento. Já a equipe da serra, chegou a oito e se afastou das últimas posições.

Melhor durante boa partida dos 90 minutos, os alvinegros tiveram diversas de sair de campo com um bom resultado. No entanto, o Botafogo viu o Friburguense marcar no início do primeiro tempo e segurar o resultado. O gol da vitória da equipe da serra veio com Bidu, de cabeça, contando com a falha do goleiro Renan.

O Botafogo volta a campo pelo Campeonato Carioca na quinta-feira, quando recebe o Bonsucesso, novamente em Moça Bonita, em jogo atrasado da sexta rodada. Antes disso, na terça-feira, os alvinegros estreiam na Fase de Grupos da Libertadores contra o San Lorenzo (ARG), no Maracanã.

O jogo - O Botafogo começou a partida criando uma boa chance logo com um minuto. Após falta cobrada na área e um bate e rebate, Renato finalizou por cima do travessão. Só que o Friburguense não se abalou e tentou buscar o ataque. Em sua primeira oportunidade, aos 11 minutos, a equipe da serra abriu o placar em Moça Bonita. Depois de falta cobrada na área, Bidu cabeceou, a bola quicou na frente de Renan e enganou o goleiro.

Mesmo depois do revés, o Botafogo seguia com dificuldade na criação das jogadas. Somente depois da parada técnica, o jogo ficou mais movimentado. O Friburguense quase ampliou aos 24 minutos, com Jorge Luiz, mas Renan salvou os alvinegros. A resposta botafoguense veio três minutos depois, com Gegê, mas o meia viu Afonso defender com os pés sua finalização.

O confronto seguia equilibrado, com os dois times chegando com perigo. O Friburguense teve nova chance de marcar o segundo aos 35 minutos, com Ziquinha. O atacante girou sobre a marcação e chutou por cima do travessão. Novamente, o Botafogo respondeu, desta vez com Daniel e parou em uma defesa com os pés do goleiro Afonso.

Nos minutos finais, o Botafogo esboçou uma pressão e quase empatou aos 43 minutos com Gegê. O meia chutou cruzado da entrada da área, mas Afonso estava atento para salvar o Friburguense. Assim, a equipe da serra foi para o intervalo a frente no placar.

Na etapa final, os alvinegros voltaram com uma marcação melhor e pressionou o Friburguense nos primeiros minutos. Logo na primeira chance, Renato acertou belo chute de fora da área, mas Afonso voou para fazer grande defesa. O lance animou o Botafogo, que seguiu criar boas jogadas, mas desperdiçando oportunidades.

Depois de período sem muitos lances de perigo, o Botafogo teve sua melhor chance de empatar, aos 17 minutos. Elias foi lançado na área, e tocou na saída de Afonso. No entanto, Zé Victor apareceu em cima da linha para salvar o Friburguense.

Com o passar do tempo, os alvinegros perderam intensidade e viram o Friburguense equilibrar mais o confronto. O Botafogo tinha mais posse de bola, mas continuava desperdiçando bons ataques. Somente aos 36 minutos, Elias finalizou com perigo, mas para fora.

Nos minutos finais, o Botafogo tentou de forma desesperada o gol de empate, mas parou na retranca do Friburguense. Assim, a equipe da serra de afasta das últimas posições e deixa os alvinegros muito longe da classificação para as semifinais do Estadual.

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.